domingo, 26 de outubro de 2008

Intercon'08 os altos e baixos

E lá se foi mais um #intercon, mais um #NoB e mais um dia inteiro repleto de nerds, idéias interessantes, networking, sacolas inúteis de provedores, brindes e tal e coisa.

Mas eaí, como foi o Intercon desse ano? Ai vai uma visão geral.



O Foco:
Como estava dizendo no Twitter e disso ao @trecker no #NoB também, me pareceu que o Intercon está ficando cada vez mais publicitário, cada vez mais marketeiro. Existem alguns modos interessantes de se abordar a web: Existe toda a infra, a computação por trás, o desenvolvimento e plataformas que estão na moda; existe o comportamento, seres humanos se agrupando em redes sociais, o uso de microblogging e por ai vai; e existe a publicidade com suas agências de guerrilha e seus cases inovadores. (acho até que existam outros modos de se abordar a web, mas não me veio à cabeça nada agora) Acho que faltou pouco espaço para os outros grupos, OU, acho que os outros grupos ficaram com espaços menores.

MAS! Agora falando da parte que eu entendo, da computação, acho MESMO que técnica se aprende vendo exemplos interessantes, pesquisando no Google como foram feitos e reproduzindo / alterando / evoluindo para coisas melhores e mais interessantes. Contradizendo meu primeiro parágrafo, acho que um evento pura e simplesmente técnico ia ser chato. Conclusão? Não sei. É pra se pensar.

FF'08:
Devo dar os devidos parabéns ao Luli. EXCELENTE idéia dos foninhos de tradução simultânea e as palestras ao mesmo tempo. Acho que faz todo sentido do mundo querer mudar de foco e ir passando pelas idéias dos palestrantes. Outro fator interessante que me pegou de surpresa foi que eu presto mais atenção quando a palestra está exatamente no meu ouvido. Se o cara está falando lá na frente e eu decido twittar ou ver emails puff, perco a lógica. Mas enquanto estive com fone de ouvido, perder o foco foi bem menos frequente. Parabéns à idéia.

As palestras e os temas:
Achei médio. Conversando com o @trecker, disse que ano passado o Intercon tinha explodido minha cabeça com idéias novas, mas esse ano foi bastante mediano. E isso não foi opinião minha apenas, foi opinião de muita gente com quem conversei no #NoB. As idéias e temas abordados não eram mais novidade, talvez por que as idéias e assuntos hoje em dia voam na velocidade de um twite ou de uma mensagem no GTalk. Discutimos em tempo real. Aprovamos e desaprovamos modelos em tempo real. Mais uma coisinha pra se pensar pro Intercon'09.

A infra: (que infra?)
Precisa dizer quantos cliente a DialHost perdeu (ou deixou de ganhar) fazendo aquela porcaria de internet? Aliás, que internet? Conectava mas não pegava IP. Ah, pegou IP! Mas não navega...Ta lento! Aff. Acho que dava pra prever que um evento sobre internet a maioria esmagadora iria levar seu notebook / celular / xis. Poxa! Ano passado já tinha gente a rodo com computador a tira-colo! Bom, fica ai a reclamação.

E o áudio? Esse foi outro problema a parte. Que adianta Luli ter idéias inovadores se a equipe de áudio não faz um serviço decente? Realmente ficou MUITO a desejar a sincronia entre pessoas do palco e a equipe de som pra modular as frequências dos microfones pros canais de áudiio do FF. Nota zero.

#NoB:
Ah, a parte mais legal do Intercon: O networking com as pessoas interessantes. Meu primeiro Nerds on Beer! É sempre legal trocar idéias e arrobas. Saber que tem um cara que está no mesmo nicho que você e vocês podem trocar idéias e ajudar mutuamente. Mashup! :-D Valeu as cervejas, valeu as arrobas trocados e valeu as poesias da galera lá. :-)

[update] fotos do #nob by câmera colaborativa do Daniel Filho: http://flickr.com/photos/danielfilho/sets/72157608386863954/

Pra melhorar:
* TEM que ter uma infra. Não é que precisa melhorar, é que precisa ter uma.
* FF é excelente, com audio que funcione deve ser melhor ainda.
* O local é apertadinho demais. MUITA gente nos corredores se apertando e escassez de tomadas.
* O formato em dois dias era melhor. Mais tempo, mais assuntos e mais diversão nerd.
* Menos stand-up comedy e mais camisetas.

Idéias pros próximos:
* Livrestream tem que ir pro telão do meio. JURO que isso ia acontecer nessa edição. Ano passado deu a entender que ia rolar, mas cheguei e não vi. O máximo que teve foi com o pessoal do fat5. Mas acho que o livrestream rolando o dia todo no telão principal pode ser interessante.

E até o próximo Intercon!
Postar um comentário